top of page
Buscar

A qualidade da capa é fundamental para qualquer charuto.


Em um exemplar premium, por exemplo, somente a capa pode representar até 70% do valor total.


Dentro de um vasto espectro de cores de capa, existem 7 principais/básicos, que são:

Claro Claro, Claro, Colorado Claro, Colorado, Colorado Maduro, Maduro e escuro.


As cores são determinadas principalmente pela quantidade de luz solar que a folha é exposta, e depois pela forma de processamento da folha e os diferentes tipos de folhas de tabaco.


Veja agora as características de cada cor:


Claro Claro


Também chamada de Candela ou Doble Claro, possui tonalidade verde para o amarelo devido seu sombreamento ainda na planta.

Mantém boa parte da clorofila devido a secagem rápida pelo calor.

Se o charuto for bom, o sabor predominante é levemente adocicado, já em outros pode trazer amargor indesejável.


Colorado Claro


Muitas vezes cultivado sob luz solar direta com mais tempo de maturação antes de ser colhida. Cor tawny tendendo ao marrom. Vale lembrar que boas folhas de capa são produzidas em enormes tendas aonde o sol não incide diretamente.


Colorado maduro


Coloração marrom, força média e muito aromática, seu sabor é inconfundível. Geralmente são usadas em charutos hondurenhos, e as folhas são cultivadas sem incidência direta de luminosidade solar.


Maduro


A tonalidade varia de um marrom avermelhado para um quase negro. É considerada a cor tradicional cubana. Maduro significa longa maturação. As folhas são torradas em uma câmara de pressão ou fermentadas em calor acima da média. Essa capa tem como característica o sabor forte e o aroma suave.


Escuro


Com tonalidade castanho escuro quase negro e chamadas de negras em países produtores de tabaco, as capas escuras tem maturação ainda mais longa do que as maduras. As folhas possuem um sabor bem forte, e pouco aroma. Vem principalmente do Brasil, México e Nicarágua.


11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page